Terça-feira, 2 de Maio de 2017

TERCEIRO FÓRUM CONTRA O ACORDO ORTOGRÁFICO DE 1990

 

Amanhã, 03 de Maio de 2017 – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, entre as 16 horas e as 20 horas.

 

Fórum, 3 Maio 2017, Fac. de Letras da U. de Lisbo

 

Excelentíssimo/a Senhor/a,

Esperamos que se encontre bem. 

 

Anexamos cartaz de divulgação do 3.º Fórum Pela Língua Portuguesa, diga NÃO ao "Acordo Ortográfico" de 1990!".

 

O Fórum será realizado no dia 3 de Maio de 2017, quarta-feira, entre as 16 horas e as 20 horas.

 

O local será a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Anfiteatro 1.

 

Serão intervenientes: 

FERNANDO PAULO BAPTISTA

PACHECO PEREIRA, 

NUNO PACHECO

e um Professor do Ensino Secundário (conforme cartaz anexado).

 

Ficar-vos-emos gratos, ajudando a divulgar este "Fórum".

 

Esta iniciativa é organizada:

 

1 - Pela ANPROPORT (Associação Nacional de Professores de Português). De acordo com os seus objectivos, a ANPROPORT assume a luta contra o "Acordo Ortográfico" de 1990 como sua.

 

A ANPROPORT tem procurado também sensibilizar os responsáveis políticos e a sociedade em geral, no sentido da revogação ou desvinculação de Portugal do "Acordo Ortográfico" de 1990.

 

2 - São também entidades organizadores: o Movimento "Cidadãos contra o "Acordo Ortográfico" de 1990" (que elaborou uma Petição com o mesmo nome; e que tem um Grupo, também com o mesmo nome, na rede social do Facebook, em:

https://www.facebook.com/groups/acordoortograficocidadaoscontraao90/ ;

 

a Associação Portuguesa de Tradutores; e o Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

 

Contamos com o vosso apoio e com a vossa presença.

 

Caso Vossa Excelência não possa comparecer, muito agradecemos que nos ajude a divulgar este "Fórum" através dos seus contactos de email ou através das redes sociais.

 

Evento no Facebook em:

https://www.facebook.com/events/251713241961732/ 

 

Cordiais saudações,

Ivo Miguel Barroso

(do Movimento «Cidadãos contra o "Acordo Ortográfico" de 1990», entidade co-organizadora do Fórum).

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:38

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
| partilhar
Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2017

«O AO90 NÃO É PODA, É AMPUTAÇÃO»

 

 

Encontrei este comentário fabuloso sobre a ortografia aberrante que nos querem impingir.

 

Não resisti a partilhá-lo. Perde-se no meio de tantos. E diz tanto do que andamos a dizer… mas de um modo que nunca foi dito…

 

O comentário está aqui, na petição dos Cidadãos contra o “Acordo Ortográfico” de 1990» que todos os desacordistas devem assinar, por amor à Língua Portuguesa:

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=acordoortografico90

 

O AO.png

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:33

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
| partilhar
Terça-feira, 3 de Janeiro de 2017

A LÍNGUA BRASILEIRA A CAMINHO...

 

Encontrei um comentário muito interessante à notícia SAPO24 intitulada: «Cinco anos depois, o Acordo Ortográfico continua a dividir em vez de unir» …

 

LÍNGUA.jpg

 

Um (a) comentador (a) escreveu o seguinte:

 

lingua brasileira

 

Este abaixo assinado visa à mudança do nome da língua portuguesa, para “língua Brasileira”, visto que possuímos características que diferem do Português Europeu, construídas por falas das três etnias o Índio, Branco e o Negro, que formaram nosso Brasil, deixando praticamente nulo a existência de uma imagem de colônia que ainda fala Língua de seus colonizadores.

 

Sendo impreterivelmente necessária nomeá-la como “língua Brasileira”, no que se refere a uma Sociedade ou Nação e no falar de seus cidadãos. Sua autonomia!

 

Assim como ilustres Visconde de Pedra Branca, Varnhagen, Paranhos da Silva, Machado de Assis, Mário de Andrade e os românticos como Gonçalves Dias, José de Alencar que defendiam nossa autonomia propugnando por uma língua nossa, a “língua brasileira”.

 

E á revogação do projeto de ortografia unificada da Língua Portuguesa, que elimina os acentos o novo acordo entrou em vigor em 1º de janeiro de 2009, sendo assim acabando com a identidade brasileira naquilo que se diz mais autentico sua fala e gramática, caracterizando ainda mais como Colônia subdesenvolvida e semianalfabeta.

 

Exemplos de pronuncias e escritas sem acentos.

 

Avó - Avô / Avo

Língua / Lingua

  • Coração / Coraçao

 

Céu / Ceu

Etc.

http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR71343

 

***

Depois de ler este comentário, que nada mais é que do que o texto que serve de apoio à tal petição, não resisti a dar a minha mais sincera opinião sobre esta matéria, aliás que já é do conhecimento público:

 

Este é o caminho.

 

Para escrever mal deste jeito, mais vale chamarem-lhe LÍNGUA BRASILEIRA, porque Portuguesa não é.

 

Concordo perfeitamente, com esta petição.

 

Desliguem-se do ex-colonizador.

 

Façam o vosso próprio caminho. Cortem o cordão umbilical.

 

Talvez assim consigam CRESCER.

 

A escrever bem ou a escrever mal, não importa.

 

O que interessa é desvincular a Língua.

 

Cada país que fique com a sua.

 

Talvez assim possamos livrar-nos, de uma vez por todas, deste maldito e malescrito AO90.

 

***

É que já não há pachorra para ver tão maltratada uma Língua que dizem ser Portuguesa… mas na realidade NÃO É.

 

Quem se atreve a dizer que É?????

 

Isabel A. Ferreira

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:43

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
| partilhar
Quinta-feira, 7 de Abril de 2016

FIM AO “ACORDO” ORTOGRÁFICO DE LULA (PETIÇÃO)

 

Para:

Governos de Portugal, Brasil e PALOP, aos bons cuidados da Academia das Ciências de Lisboa

(geral@acad-ciencias.pt)

(Leiam e assinem a petição, por favor)

 

FIM DO AO.jpg

 

Oito Séculos da Língua Portuguesa e Lula, um presidente farsante, a destroçou impondo o "acordo ortográfico de 1990" que não agrada a ninguém.

 

Nem a Portugal, nem ao Brasil, nem aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

 

Se você é também contrariado por essa infeliz iniciativa, assine a presente petição e a partilhe para colher mais assinaturas.

 

Nós, juntos, podemos e vamos anular, revogar, tornar sem efeito, esse malfadado "acordo ortográfico", o qual absurdamente ainda permanece em vigor até aos dias presentes.

 

"A minha pátria é a língua portuguesa." (Fernando Pessoa, in trecho 259 de "O Livro do Desassossego", publicado em 1982, quarenta e sete anos após a sua morte.)

 

POR FAVOR, ASSINEM A PETIÇÃO AQUI:

http://peticaopublica.com/?pi=PT79407

 

A vontade dos Povos seja respeitada! Um bem-haja!

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:58

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
| partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. TERCEIRO FÓRUM CONTRA O A...

. «O AO90 NÃO É PODA, É AMP...

. A LÍNGUA BRASILEIRA A CAM...

. FIM AO “ACORDO” ORTOGRÁFI...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.ACORDO ORTOGRÁFICO

EM DEFESA DA LÍNGUA PORTUGUESA, A AUTORA DESTE BLOGUE NÃO ADOPTA O “ACORDO ORTOGRÁFICO” DE 1990, DEVIDO A ESTE SER INCONSTITUCIONAL, LINGUISTICAMENTE INCONSISTENTE, ESTRUTURALMENTE INCONGRUENTE, PARA ALÉM DE, COMPROVADAMENTE, SER CAUSA DE UMA CRESCENTE E PERNICIOSA ILITERACIA EM PUBLICAÇÕES OFICIAIS E PRIVADAS, NAS ESCOLAS, NOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, NA POPULAÇÃO EM GERAL E ESTAR A CRIAR UMA GERAÇÃO DE ANALFABETOS.

.BLOGUES

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/

.CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt

. AO/90 É INCONSTITUCIONAL

O Acordo Ortográfico 1990 não tem validade internacional. A assinatura (em 1990) do texto original tem repercussões jurídicas: fixa o texto (e os modos como os signatários se vinculam), isto segundo o artº 10º da Convenção de Viena do Direito dos Tratados. Por isso, não podia ser modificado de modo a entrar em vigor com a ratificação de apenas 3... sem que essa alteração não fosse ratificada por unanimidade! Ainda há meses Angola e Moçambique invocaram OFICIALMENTE a não vigência do acordo numa reunião OFICIAL e os representantes OFICIAIS do Brasil e do capataz dos brasileiros, Portugal, meteram a viola no saco. Ora, para um acordo internacional entrar em vigor em Portugal, à luz do artº 8º da Constituição Portuguesa, é preciso que esteja em vigor na ordem jurídica internacional. E este não está!
blogs SAPO