comentários:
De Joana a 8 de Junho de 2022 às 18:27
Boa Tarde Dona Isabel!
Espero que se encontre bem.
Não sei se conhece um website chamado Quora, dei a seguinte resposta à pergunta feita (link no fim):
"Guiné equatorial não conta. É só no papel para poder entrar na CPLP. A língua não é falada nem ensinada. O Brasil fala brasileiro mas oficialmente chama português. No Brasil a gramática e ortografia é diferente, logo como pode ser a mesma língua se a gramática é diferente. Há vários línguistas brasileiros que dizem que a língua que se fala no Brasil já não é a língua portuguesa mas sim a língua brasileira, mas que isso é uma decisão política."

Recebi esta resposta:
Rafael Leite respondeu ao seu comentário sobre uma resposta para: "Em quantos países se fala português?" -
"A língua no Brasil é tão diferente que nao entendi nada do que você escreveu!!!… Diga a esses linguistas para voltarem á escola pois a formação que deram de nada lhes valeu. Até os Açores (com a pronúncia própria deles) conseguem ser mais diferenciados que o Português do Brasil. Em Portugal temos cerca de 12 dialectos de português, vamos fazer uma nova língua para cada dialecto? Não como é óbvio. Os estadunidenses vao deixar de falar inglês e vão começar a falar americano? Os Australianos vão deixar de falar inglês e vão começar a falar australiano? Os argentinos e os mexicanos vão deixar de falar espanhol e vão começar a falar argentino e mexicano? Não como é óbvio… So mesmo no Brasil é que têm estas ideias estupendas. Mas a culpa não é do povo em geral, é sim de uma política que insiste em instruir doutores na base da mentira e de uma propaganda ditatorial."

Link :
https://pt.quora.com/Em-quantos-pa%C3%ADses-se-fala-portugu%C3%AAs/answer/F%C3%A1bio-Costa-1?__nsrc__=4&__snid3__=37562442801&comment_id=269491210&comment_type=2

Concordo consigo quando diz:" tanto em Portugal como no Brasil, e por mais reformas ortográficas que façam (aliás, são os únicos povos do mundo que mais reformas ortográficas fizeram, o que diz bastante da ignorância deles) nunca chegarão a parte alguma, excepto se cada um ficar com a respeCtiva Língua. Portugal, com a Portuguesa, o Brasil, com a Brasileira. E estaria o assunto encerrado. E não me venham falar na CPLP, que nada tem a ver com a Língua, mas com interesses meramente políticos ".

De Isabel A. Ferreira a 9 de Junho de 2022 às 16:01
Boa tarde, Joana.

Agradeço o seu comentário, e o acesso ao site "Quora", onde já deixei dois comentários, um deles ao seu comentário, com o qual estou inteiramente de acordo.

Fico espantada como apenas os Brasileiros e Portugueses têm necessidade de andarem a discutir quem escreve ou fala o quê.

Os Ingleses e as suas ex-colónias, e os Espanhóis e as suas ex-colónias não têm essa necessidade, nunca o fizeram, e muito menos fizeram acordos ortográficos. Porquê? Para quê? Por alma de quem?

Cada país tem a sua Língua, e é da inteligência, cada País FICAR com a sua Língua, e não andar a impingi-la a ninguém.

O AO90 foi gerado no Brasil, pelo Antônio Houaiss, que não tinha nada que o fazer.

É mais do que óbvio que se os políticos portugueses não o quisessem, o AO90 não teria entrado em Portugal, e entrou, porque a pequenez dos políticos portugueses iguala-se à pequenez dos políticos brasileiros.

A resposta que recebeu ao seu comentário é de alguém que não faz a mínima noção do que é uma Língua.

A Google está cheia de disparates brasileiros, quando os Brasileiros se metem a falar da História, da Cultura e da Língua Portuguesas. É algo que me irrita.

É algo que os políticos portugueses não deveriam permitir. Eu sempre que posso corrijo-os. Mas deviam ser bloqueados, por andarem a «disseminar mentiras e disparates.

De Daniel a 18 de Junho de 2022 às 23:23
Assim como também em "humano" e "deshumano" e não "desumano" "umano???"
De Isabel A. Ferreira a 19 de Junho de 2022 às 15:36
Concordo consigo, Daniel.

A Grafia de 1945 não é perfeita. Sempre a considerei imperfeita. Há pormenores ainda por limar.

Como estamos numa época em que cada um escreve como quer, podemos começar a limar esses pormenores. Eu cá já vou limando.

Comentar post