De Jorge Joaquim Pacheco Coelho de Oliveira a 15 de Outubro de 2021 às 12:57
Quem faz o que pode, a mais não é obrigado.

Eu escrevi a várias jornais e revistas criticando-lhes a adopção do "acordo" ortográfico.

E com pena minha desfiliei-me da Ordem dos Engenheiros quando começaram a editar a revista Ingenium segundo o famigerado AO90.

Cumprimentos
Jorge Pacheco de Oliveira
Engenheiro reformado
De Isabel A. Ferreira a 15 de Outubro de 2021 às 16:23
Sr. Engenheiro, o senhor fez o que eu fiz, e o que muitos de nós fizeram, mas quando se tem vocação para SERVILISTA nenhuma razão é mais forte do que essa servidão. Por isso, os jornais, as revistas, as televisões, que nasceram para SERVIR, servem a ignorância imposta pelo Poder.

Dou-lhe os parabéns, por ter tido a coragem de abandonar a Ordem dos Engenheiros (eu faria o mesmo) que, como instituição privada, não tinha nada que se vergar ao Poder, a não ser que fosse um organismo estatal.

Obrigada pelo seu precioso testemunho. Todos fossem como o Sr. Engenheiro, o AO90 já estaria morto e enterrado.

Os meus cumprimentos.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.