De Oráculo a 6 de Março de 2020 às 15:59
O Sr. Bruno Cunha é tão sapiente na defesa das suas convicções concernentes ao Acordo Ortográfico que nem sequer sabe grafar corretamente o verbo "trazer". Está aqui o verdadeiro exemplo de ignorância, e mais não digo.
De Isabel A. Ferreira a 6 de Março de 2020 às 19:28
Engana-se, Oráculo.

O Sr. Bruno Cunha cometeu uma gralha, e gralhas até o mais sapiente dos mestres pode cometer esporadicamente.

O verdadeiro exemplo de ignorância é grafar (sempre) “corretamente” (lê-se “currêtamente”) o que se deve escreve correCtamente. E isto serve para todas as palavras às quais suprimiram as consoantes que, apesar de não se pronunciarem, têm uma função diacrítica.

Escrever “corretamente” não é uma gralha, é mesmo IGNORÂNCIA da mais pura. Aqui sim.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.