De Sergio Lopes a 6 de Janeiro de 2020 às 00:28
Cara Isabel,
O ministro que tinha em mente era o dos Negócios Estrangeiros, dado que foi dele que ouvi que o AO1990 era imutável.
De resto estou de inteiro acordo consigo. Mas vamos à luta.
Ocorre-me perguntar-lhe se teve contacto com o "nosso Mário" e traidor de se nome Malaca Casteleiro?
Votos de muitos sucessos em 2020.
Sérgio Lopes
De Isabel A. Ferreira a 7 de Janeiro de 2020 às 12:45
Caro Sérgio Lopes,

Ah! era esse ministro! Mas tudo o que escrevo envio também para ele.

Pois não me surpreende nada que esse ministro tivesse dito que o AO1990 era imutável, pois esse ministro é um ZERO a Línguas e um ZERO à esquerda a Língua Portuguesa. Além disso, para ele, o AO1990 não passa de um negócio, negociado com gente, também zeros à esquerda, no que respeita à Língua, e o que ele não sabe é que só é imutável o que é BOM, o que é MAU, como é o caso do AO90, é imutável, em qualquer parte do Universo e arredores. E não será ele que ditará o que é mutável ou imutável, numa matéria que não domina.

A vantagem dele é que os que tinham o DEVER de se chegar à frente e acabar com isto, estão encolhidos por medos inexistentes, ou acomodados, porque é mais fácil CEDER do que desobedecer com legitimidade.

E como todos sabemos, o AO90 é uma aberração, uma mixórdia ortográfica que está a causar gravíssimas deficiências no ensino em geral, e a “fabricar” analfabetos funcionais, uma vez que é um meio de fixação do pensamento, e insistir nessa aberração faz parte de mentes anquilosadas, e não de mentes abertas.

O AO90 é uma daquelas coisa MUTÁVEIS a olho nu. E acabará por cair, porque “Deus suporta os maus, mas não eternamente” (Miguel de Cervantes dixit). É como uma fruta podre no galho. O AO90 é algo tão podre, tão podre, que cairá, mais dia, menos dia. Contudo, entretanto, os pingos da podridão do AO90 já deixaram nódoas na aplicação da Língua, que vão ter de ser bem “raspadas”, até desaparecerem.
De Laura Borelli Cabral a 5 de Junho de 2020 às 11:43
Ficar de braços cruzados e ficar a destilar veneno na internet não adianta. Já se passaram dez anos e nada de Portugal voltar atrás com o AO90.

O mundo está mudando e precisamos encontrar uma forma genérica para as duas variantes é uma desvantagem continuarmos assim no mercado de softwares.

A maioria dos estrangeiros procuram o português brasileiro para aprender a falar. Os padres jesuítas que adaptaram o idioma depois que Marques de Pombal proibiu a pronunciação de qualquer outro idioma que não fosse o português. E anos mais tarde Getúlio Vargas proibiu que os imigrantes europeus e asiáticos famintos, depois da segunda grande guerra, falassem outro idioma além do português.

Lembre-se: a língua é um organismo vivo em constante mudanças.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.