Terça-feira, 28 de Março de 2023

«Em Defesa da Ortografia (LVII)», por João Esperança Barroca

 

«Este acordo ortográfico, que ninguém pediu, é desde o início uma comédia e um erro. Foi uma tentativa meio lunática de unir a língua por parte de alguns espíritos, tanto académicos como políticos. O inglês, por exemplo, não precisa de nenhum acordo, o caso de Portugal devia ser exactamente o mesmo. A língua em Portugal, no Brasil e nos países africanos pode ter variações e grafias diferentes. Achar que a escrita é uma transcrição fonética é de absolutos loucos. O melhor a fazer seria pedir desculpa aos Portugueses e voltar à grafia vigente antes desta loucura.»

 

João Pereira Coutinho, Cronista e escritor

 

«[…] eles olham, mas não vêem; escutam, mas não ouvem nem entendem.»

Mateus, 13:13-16

 

«A reforma ortográfica não enriquece em nada o idioma, mas alguém enriquecerá com ela.»

João Ubaldo Ribeiro, Escritor brasileiro

 

Nos nossos últimos textos, temos vindo a dar conta da caterva de ocorrências da palavra corrução. Hoje, trazemos até vós mais algumas dessas recolhas, mostrando que a estupidez é verdadeiramente transversal.

 

  1. a) «”Acabar com a corrução instalada e generalizada é, por isso, o grande desígnio deste partido que quer ser governo já nas próximas eleições legislativas, sejam elas quando forem”, conclui André Ventura na moção que apresenta esta tarde aos congressistas.» Rádio Renascença, 28-03-2023;
  2. b) «”Falta aqui um elemento. Para haver crime de corrupção tem que haver benefício, e para haver benefício tem que haver um responsável pelo benefício e esse responsável não poderia nunca ser o meu cliente, mas sim o juiz relator que elaborou o o [sic] acórdão absolutório. Faltando este elemento não se percebe como cabe aqui o crime de corrução", argumenta o advogado Miguel Matias.» Rádio Renascença, 22-12-2022;
  3. c) «O novo senador do estado do Paraná também teve divergências com Bolsonaro, com quem trabalhou como ministro da Justiça nos dois primeiros anos de Governo. Moro deixou o cargo acusando Bolsonaro de tentar interferir na polícia para favorecer familiares e aliados envolvidos em investigações de corrução, mas vinha nos últimos meses tentando uma reaproximação para conquistar votos do eleitorado conservador ligado ao chefe de Estado.» RTP, 04-10-2022;
  4. d) «Portugal é o país europeu que menos cumpre as recomendações contra a corrução, segundo o Conselho da Europa. A organização Transparência Internacional diz que somos, em 180 países, o 30º mais corrupto.» RTP, Sociedade Civil, episódio 161;
  5. e) «Por fim, pelo CDS-PP, João Gonçalves Pereira considerou que a atual revisão "justifica-se porque está em causa o que pode ser ou não o bom aproveitamento dos fundos comunitários". Contudo, disse, havia pontos críticos na proposta inicial (valor elevado na contratação simplificada, distorção da concorrência, limitação de mercado) e com "risco ao nível da transparência e medidas cautelares em prevenção da corrução".» RTP, 14-10-2020;
  6. f) «Para Manuel Guimoar, antigo quadro da REFER, a juíza emitiu mandado de detenção para a execução da pena de 6 anos e 6 meses de cadeia por crimes de corrução passiva para ato ilícito e burla qualificada.» RTP, 14-01-2019;
  7. g) «Pelo segundo ano a iniciativa é apoiada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e as declarações do líder leonino contra a corrução no futebol português foram decisivas para estar num lote restrito de personalidades da sociedade civil como o Major Henrique Gouveia e Melo, responsável pelo plano de vacinação contra a covid-19, ou o juiz Carlos Alexandre. » O Jogo, 14-10-2022;
  8. h) «O juiz tornou pública parte de um acordo de colaboração premiada de Antônio Palocci, ministro poderoso nos Governos de Lula da Silva e Dilma Rousseff, que mencionava uma suposta participação dos dois ex-chefes de Estado 'petistas' em esquemas de corrução.» O Jogo, 01-11-2018;
  9. i) «A legislação brasileira proíbe que se candidatem a cargos públicos os condenados em segunda instância por um tribunal coletivo, como é o caso do ex-Presidente, uma medida de combate à corrução criada pelo próprio Lula da Silva em 2010.» O Jogo, 04-09-2018.

 

Ilustrativa, ainda, do caos ortográfico é a recente reportagem do Expresso, https://expresso.pt/sociedade/ensino/2023-02-11-Nao-paramos-milhares-de-professores-protestaram-em-Lisboa-poucos-tem-esperanca-no-Governo-com-fotogaleria-3f8cda8bde 11-02-22, sobre a manifestação de professores, onde se pode ler: «“O Governo vem dizer que não há dinheiro quando já se investiu milhões na TAP, nos bancos e a situação dos professores permanece igual. Há dinheiro para tudo que fica “cá para trás” quando comparado com a “restante carreira técnica” e o “serviço cada vez mais burocrático”. “Em vez de estarmos a leccionar, estamos perdidos entre burocracia”. O somar destas situações levam a um “descontentamento generalizado” entre o setor.» e: «A diretora de turma garante que a sua classe vive “mergulhada em burocracia” e lembra “pequenos benefícios” que podiam fazer a diferença na satisfação do setor da educação. “Não consegui arranjar vaga para os meus filhos na escola onde leciono e fui obrigada a colocá-los no privado”. Tal como os colegas de profissão, Cláudia Carvalho queixa-se das “horas letivas” que nunca são “realmente reduzidas” porque é necessário “prestar apoio aos alunos”.» Como o leitor facilmente detecta, as duas formas do verbo leccionar, ora surge com cê, ora sem cê. Será que um dos professores entrevistados segue a ortografia anterior ao AO90, utilizando o cê, privilegiando a etimologia, como se prova na imagem do dicionário, e o outro docente utiliza a nova ortografia?

 

 

João 2.png

João 3.png

 

João Esperança Barroca

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:32

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Fevereiro 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
16
17
18
20
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. Pedro Nuno Santos (PS) di...

. Sobre o AO90: «Carta aber...

. «No Brasil fala-se Brasil...

. O PS mostra a sua raça, a...

. Troca de palavras com um ...

. Os “fatos” da GNR

. Este é o “DIANÓSTICO” da ...

. «Protecção contra a corru...

. “Corrução”? No título de ...

. Os partidos políticos, qu...

.arquivos

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.Acordo Ortográfico

A autora deste Blogue não adopta o “Acordo Ortográfico de 1990”, por recusar ser cúmplice de uma fraude comprovada.

. «Português de Facto» - Facebook

Uma página onde podem encontrar sugestões de livros em Português correCto, permanentemente aCtualizada. https://www.facebook.com/portuguesdefacto

.Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt

. Comentários

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

.Os textos assinados por Isabel A. Ferreira, autora deste Blogue, têm ©.

Agradeço a todos os que difundem os meus artigos que indiquem a fonte e os links dos mesmos.

.ACORDO ZERO

ACORDO ZERO é uma iniciativa independente de incentivo à rejeição do Acordo Ortográfico de 1990, alojada no Facebook. Eu aderi ao ACORDO ZERO. Sugiro que também adiram.
blogs SAPO