De Ana a 21 de Outubro de 2021 às 10:13
O que não faltam para aí são aberrações. Se até os jornalistas que supostamente são profissionais da escrita cometem erros de português cada vez mais caricatos, imagine-se o resto da população. Vejo mixordês em toda a comunicação social, mas só entre o gado defensor do A90. Para mim, quem defende esse lixo é porque é ignorante e não sabe escrever, e então fica todo satisfeito da vida porque agora não precisa de saber se a palavra leva c ou p a meio, como aquela escritora parola que afirmava que as consoantes mudas a enervavam. Pois bem, sua burra, podes lê-las! Aliás, deveríamos todos seguir o exemplo de Miguel Esteves Cardoso e das línguas espanhola, francesa e inglesa que lêem as consoantes todas, deixando, assim, de haver consoantes mudas. Se assim for, esse acordo vai com os porcos, porque deixa de fazer sentido! E Portugal é um país europeu, não africano ou americano. Tem de seguir os trâmites europeus da linguagem, mas o viralatismo é tão grande que se vendem logo ao primeiro que lhes aparece com dinheiro ou que lhes afague o ego. Portugal deveria entender de uma vez por todas que toda a negociata vinda as ex-colónias é ruim para o nosso país, porque a intenção delas é mesmo essa: vingança contra Portugal, destruí-lo. Só um burro é que não vê isso!
De Isabel A. Ferreira a 21 de Outubro de 2021 às 15:04
Com esta gentinha que temos, Portugal está condenado a ser uma coloniazinha, da muito rafeira.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.