Segunda-feira, 31 de Agosto de 2020

Este é o tal “português dos milhões” que anda divulgado na Internet, e no qual os Portugueses não se revêem

 

Andava eu no YouTube à procura de música relaxante e deparei-me com isto:

 

CAPT.PNG

 

Link para a imagem: https://www.youtube.com/watch?v=Z8uvPLsah0s  

 

Não, não “aleviei o meu estresse”. Muito pelo contrário. Até porque textos como este são aos milhares na Internet.

 

Chamem-lhe outra coisa, mas não lhe chamem Português. Por favor!

 

Esta situação, verdadeiramente caótica, está a obrigar milhares de Portugueses a fazer o que o João Pinto fez: mudar a língua do seu Android para Inglês.

 

Em jeito de desabafo, o João Pinto, desalentado com os tratos de polé que por aí dão à NOSSA Língua, chamando-lhe “português”, escreveu, em jeito de desabafo, o texto que aqui reproduzo e subscrevo.

 

Eu também prefiro pesquisar em Inglês ou Castelhano, quando vou à Internet. Porque apesar de ter aprendido a escrever e a ler no Brasil, a Língua degradou-se tanto, mas tanto, que já não a reconheço. Basta ler o texto do YouTube, que, na verdade, em vez de aleviar o meu estresse, atiçou-me os nervos, de tanto ver a nossa língua chicoteada!

 

Daí que seja urgente que alguém de direito faça alguma coisa para libertar a Língua Portuguesa.

 

E como diz o João Pinto, isto não é para ser lido como um ataque à VARIANTE brasileira do Português, que, para o Brasil, é absolutamente legítima. Só não lhe chamem “Português”, nem do Brasil, nem de outra parte qualquer. Por favor. 

 

Ah! A propósito, isto não é racismo, nem xenofobia. Isto é simplesmente a constatação de algo que todos sentem, mas não consentem, por mera cobardia.

 

Isabel A. Ferreira

 

***

Por João Pinto

 

«Boa noite a todos,

 

Naturalmente como todos aqui sou contra o AO, não sigo o mesmo quando escrevo e, a não ser que seja forçado a fazê-lo, nunca o farei. Não porque foi “o que me ensinaram” (ainda creio ter em mim capacidade de aprendizagem), mas porque o acho desadequado na tradução fonética do Português de Portugal (PT-PT) e porque o afasta da origem comum das restantes línguas europeias.

 

O meu cérebro já aprendeu a ignorar o AO na maior parte dos casos com uma ENORME excepção: A Internet e tecnologia em geral.

 

Porque por mais que digam que o AO é uma aproximação, para a maior parte dos serviços online o que houve na realidade foi uma unificação da língua. Onde antes havia PT-PT e Português do Brasil (PT-BR), passou apenas a haver “Português”, que na prática representa o PT-BR.

 

Quebrou o que para mim é uma rotina antiga de pesquisar em Português e depois em Inglês, porque a esmagadora maioria dos resultados obtidos quando se pesquisa em Português são em PT-BR. Como não gosto de ler PT-BR, porque tem uma construção frásica diferente da que estou habituado e porque honestamente tem palavras que há vezes que não faço ideia o que significam, simplesmente pesquiso em Inglês. Hoje, cansado de “planilhas” e “camundongos” e “dublês” tive também de mudar a língua do meu Android para Inglês.

 

É com tristeza que tomo essas opções, mas sinceramente prefiro o Inglês ao PT-BR.

 

Esta para mim é a mentira profunda do AO. Não se apresenta como uma unificação da língua sendo, mas ao mesmo tempo mais que uma unificação é uma tentativa de substituição da língua Portuguesa (no geral em toda a sua diversidade) pelo PT-BR.

 

Nota importante: «Nunca para ser lido como um ataque ao PT-BR, que é uma variante do Português perfeitamente legítima

 

Fonte: https://www.facebook.com/groups/emaccao/permalink/3459113074134041/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:52

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A UNESCO decretou o dia 5...

. Diz Santos Silva: “o acor...

. «Foi na peugada do miserá...

. Augusto Santos Silva diz ...

. “Caras leitoras e caros l...

. «Não será o acordo ortogr...

. Que “25 de Abril” celebra...

. Celebrando o Dia Mundial ...

. «O AO90 é baseado numa me...

. O AO90 é o «resultado de ...

.arquivos

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.Acordo Ortográfico

A autora deste Blogue não adopta o “Acordo Ortográfico de 1990”, por recusar ser cúmplice de uma fraude comprovada.

. «Português de Facto» - Facebook

Uma página onde podem encontrar sugestões de livros em Português correCto, permanentemente aCtualizada. a href="https://www.facebook.com/portuguesdefacto/" target="_blank">https://www.facebook.com/portuguesdefacto/

.Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt

. Sobre a grafia utilizada neste Blogue

Este Blogue rejeita automaticamente a grafia brasileira, preconizada pelo falso acordo ortográfico de 1990, que foi imposto ilegalmente aos Portugueses. Este Blogue adopta a Língua Oficial de Portugal – a Língua Portuguesa, na sua matriz culta e europeia - na grafia de 1945, a que está em vigor. Grafia brasileira só em textos escritos por Brasileiros.

.Os textos assinados por Isabel A. Ferreira, autora deste Blogue, têm ©.

Agradeço a todos os que difundem os meus artigos que indiquem a fonte e os links dos mesmos.
blogs SAPO