Quarta-feira, 18 de Março de 2020

In memoriam Pedro Barroso...

 

... o músico, o trovador, o poeta, aquele que usou as palavras e a pauta musical para lutar contra todas as tiranias, para lutar por uma sociedade mais humana, mais justa… falecido na passada segunda-feira à noite, dia 16 de Março, de doença prolongada. Tinha 69 anos.

 

Lutou igualmente contra o imbecil AO90 e em prol da Língua Portuguesa, que ele utilizava com tanta mestria, e sim, nenhuma Língua merece ser deformada tão imbecilmente, cerceando a liberdade e a inteligência de todos quantos a amam e utilizam, porque a Língua de um País não é uma coisa que se mexa e remexa ao sabor dos interesses obscuros de políticos irresponsáveis. A Língua é um Património Cultural Imaterial inviolável, um vector de identidade e unidade nacional.  

 

E só os apátridas e traidores não sabem disto.

 

Pedro Barroso.png

 

Viva quem assim escreve e canta!

Até sempre trovador!

 

 

Viva Quem Canta

Por Pedro Barroso

 

Já que aqui estou

Vou-lhes agora contar

De mil passos feitos vida

Desta vida atribulada

Desta vida de cantar

 

Se sobrar peito

Depois de mil melodias

Depois de tantas palavras

Tantas terras tant’stradas

Tantas noites tantos dias

 

Viva quem canta

Que quem canta é quem diz

Quem diz o que vai no peito

No peito vai-me um país

 

No Algarve mandei baile

Toquei adufes na Beira

Em Trás os Montes aprendi

A bombar como um Zé Pereira

Mundo fora dei abraços

Nos Açores e na Madeira

Deixei amigos do peito

E em casa cantei na eira

 

Viva quem canta

Que quem canta é quem diz

Quem diz o que vai no peito

No peito vai-me um país

 

Trago nos dedos malhões

Toquei rondas de caminho

No Douro aprendi Janeiras

Dancei as chulas no Minho

 

No Alentejo fica o peito

Da planície de cantar

No fado colhi o jeito

De um país por inventar

 

Viva quem canta

Que quem canta é quem diz

Quem diz o que vai no peito

No peito vai-me um país

 

Cantei no alto de um monte

Num tractor ou num celeiro

Para vinte ou vinte mil

E das palavras fiz viveiro

P’ra quem canta por cantar

Pouco mais se pediria

Mas quem canta p‘ra sentir

E p’ra explicar-se e p’ra ser

Pensem só quanto haveria

Ainda por dizer

 

Viva quem canta

Que quem canta é quem diz

Quem diz o que vai no peito

No peito vai-me um país

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:02

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
16
18
20
24
29
30
31

.posts recentes

. A propósito do recuo da T...

. Despacho de Arquivamento ...

. Parlamento discute hoje ...

. Ministério Público arquiv...

. Existem provas de que o A...

. In Memoriam Maria Velho d...

. Senhores governantes, vam...

. O AO90 é “manifestamente ...

. Por que a Embaixadora Ana...

. Eis a prova provada do mo...

.arquivos

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.Acordo Ortográfico

A autora deste Blogue não adopta o “Acordo Ortográfico de 1990”, por recusar ser cúmplice de uma fraude comprovada.

. «Português de Facto» - Facebook

Uma página onde podem encontrar sugestões de livros em Português correCto, permanentemente aCtualizada. a href="https://www.facebook.com/portuguesdefacto/" target="_blank">https://www.facebook.com/portuguesdefacto/

.Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt

. AO/90 é uma fraude, ilegal e inconstitucional

O Acordo Ortográfico 1990 não tem validade internacional. A assinatura (em 1990) do texto original tem repercussões jurídicas: fixa o texto (e os modos como os signatários se vinculam), isto segundo o artº 10º da Convenção de Viena do Direito dos Tratados. Por isso, não podia ser modificado de modo a entrar em vigor com a ratificação de apenas 3... sem que essa alteração não fosse ratificada por unanimidade! Ainda há meses Angola e Moçambique invocaram oficialmente a não vigência do acordo numa reunião oficial e os representantes oficiais do Brasil e do capataz dos brasileiros, Portugal, meteram a viola no saco. Ora, para um acordo internacional entrar em vigor em Portugal, à luz do artº 8º da Constituição Portuguesa, é preciso que esteja em vigor na ordem jurídica internacional. E este não está!
blogs SAPO