De Anónimo a 5 de Dezembro de 2021 às 16:10
Deve ser por isso que, nas escolas portuguesas, os professores estão a obrigar os alunos a utilizar o google classroom onde aparecem palavras como "compartilhar". Vergonha! Porquê este desprezo pelo modo como se escreve e fala em Portugal?
De Isabel A. Ferreira a 6 de Dezembro de 2021 às 12:15
Porquê este desprezo pelo modo como se escreve e fala em Portugal?

Eu respondo-lhe:

Primeiro: por uma gigantesca IGNORÂNCIA da Cultura, da História e da Língua Portuguesas, que os governantes portugueses, que devem milhares de Euros à racionalidade e ao sentido de Estado, mantêm, com a inexistência de políticas adequadas à evolução cultural, social e linguística de Portugal. Para os actuais governantes só lhes interessa os lugares a ocupar no Parlamento, as políticas económico-financeiras e servir os grupos de pressão económica, para assegurarem um “lugar ao sol” quando a Politiquice (repare que não me referi à ARTE POLÍTICA, da qual são totalmente desprovidos), já não lhes tiver mais serventia.

Segundo: por uma também gigantesca ESTUPIDEZ generalizada, que os governantes portugueses, que devem milhares de Euros à racionalidade e ao sentido de Estado, mantêm em banho-maria, para melhor subjugar o povinho tanso e manso, como lhes convém.

Terceiro: por um ainda mais agigantado COMPLEXO DE INFERIORIDADE. Como, devido às incapacidades intelectuais, que não foram adequadamente desenvolvidas, com um ENSINO inteligente, voltado para o SABER PENSAR, sentem-se pequenos diante de um gigante, que só tem tamanho. E um gigante que só tem tamanho pode ser facilmente neutralizado se se tiver a capacidade de usar a inteligência.

Quarto: porque já não se fazem HOMENS e MULHERES com sangue na guelra, começando pelo presidente da República Portuguesa, que dá entrevistas em BRASILEIRO, na própria sede da Presidência, e acabando nos governantes e parlamentares que, sendo desprovidos de sentido crítico, não se apercebem de que estão a ser comidos por lorpas.

Daí que não surpreenda que a nossa bela e rica Língua Portuguesa esteja a escorrer pelo cano de esgoto.

É pouco provável, até porque os protagonistas são os mesmos (e já estamos fartos deles), mas esperemos que a luz da inteligência possa brilhar lá para os lados de São Bento e Belém, e mudar as mentes que o novo-velho Governo trará, porque mais do mesmo, acabará por afundar Portugal, mais do que ele já está afundado.
De Diana Coelho a 6 de Dezembro de 2021 às 13:53
É, acima de tudo, um grande complexo de inferiorioridade que os portugueses sentem. Eu, como não sinto esse e outros complexos de inferioridade, continuarei a ter orgulho na minha cultura e gosto e curiosidade em conhecer outras. O povo português devia ler com atenção a entrevista da Eni Orlandi, que a Isabel teve a gentileza de partilhar no seu blog. Talvez abram os olhos e entendam de uma vez por todas a diferença entre evolução e imposição... da língua.
De Isabel A. Ferreira a 6 de Dezembro de 2021 às 17:54
Cara Diana Coelho, já são raros os Portugueses que se dão ao trabalho de LER. Não lêem, não sabem, nem querem saber. Desde que tenham pão e circo, novelas brasileiras e portuguesas e realities shows, estão nas suas sete quintas.

Temo que Portugal esteja a retroceder séculos. Já fomos grandes, num país pequeno. Hoje, somos pequenos num país pequeno e que está em vias de extinção.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.