Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2022

Margarita Correia, coordenadora do Portal da Língua Portuguesa escreveu sobre a “política linguística nos programas eleitorais dos partidos”, mas esqueceu-se de dizer que o AO90, que ela usa na sua escrita, é ILEGAL

 

Bem, para quem quiser ler um texto servilista, deixo aqui o link:

https://www.dn.pt/opiniao/politica-linguistica-nos-programas-eleitorais-dos-partidos-14519085.html?fbclid=IwAR1LQMSJufB65y6DHk1KTc-B7HPrwjTG4oLV8UIKJF6F9J9QI9N7hFpjAHA

Que vergonha, senhora Margarita Correia!

Quem não consegue PENSAR a Língua Portuguesa, e precisa de a mutilar, para conseguir escrevê-la, temos pena.

 

Sim, vamos votar conscientemente, naqueles partidos que HONRAM a Língua Portuguesa, e que não aplicam o AO90, e se o aplicam, querem que ele venha à liça no Parlamento, na próxima legislatura. Porque BASTA de tanto CAOS ORTOGRÁFICO! De tanta IGNORÂNCIA! De tanto SERVILISMO!

 

Aqui nada há para revogar ou rever, porque sendo o AO90 um acordo ILEGAL, não pode revogar-se ou rever-se algo que é ilegal. Ou podemos?

A mim, mete-me muita confusão e revolta que o PS, que foi governo nestes últimos seis anos, fosse cúmplice desta ilegalidade, além de não ter tido capacidade intelectual para deteCtar o caos ortográfico que o SERVILISMO socialista lançou em todos os cantos e esquinas de Portugal, gerando mais servilistas.

 

A senhora Margarita Correia é livre para dar a sua opinião sobre o que bem entender, porém, não tem o direito de pugnar pela destruição da Língua Portuguesa, porque a Língua Portuguesa não é pertença dos políticos e seus acólitos.

 

Portanto, ANULE-SE urgentemente o AO90, um aborto ortográfico que nasceu torto e serve apenas ditadorzinhos de meia tijela, de cá e de lá.

 

Quanto mais ignorantes forem os povos, de mais acordos ortográficos precisam. Isto é um facto indesmentível, porque comprovável. Este é o caso apenas de Portugal e do Brasil. Nunca nenhum povo do mundo (colonizador ou colonizado) fez tantos acordos ortográficos como estes dois povos. Porquê? Para quê?

 

Para chegar ao plano mais baixo da incultura ortográfica, que se vive, actualmente, nestes dois países, que se uniram APENAS para desprestigiar a Língua Portuguesa.

 

VERGONHOSO!!!!!

Isabel A. Ferreira

 

Pelo fim do acordo ortográfico.png

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:45

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar
comentários:
De Professor B a 26 de Janeiro de 2022 às 21:20
A criatura tem por nome Margarita.
De Isabel A. Ferreira a 27 de Janeiro de 2022 às 16:06
Obrigada, pela sua chamada de atenção, Professor B.
Já corrigi o erro.
O nome, a seu dono.
De Professor B a 27 de Janeiro de 2022 às 19:37
Neste caso, o consumo de margaritas pode prejudicar a sua saúde.
De Isabel A. Ferreira a 28 de Janeiro de 2022 às 15:18
Por acaso, as margaritas são as minhas preferidas. Mas sei consumi-las com peso, conta e medida.
Também gosto das margaridas que enfeitam os prados...
De Professor B a 28 de Janeiro de 2022 às 15:33
Mas esta é um bocadinho tóxica, acho...
De Isabel A. Ferreira a 28 de Janeiro de 2022 às 15:45
Qual? A margarida dos prados?
A margarita sabemos que é.
As margaritas comestíveis, sei que não são; as margaridas dos prados, são sei, mas penso que, de tão belas, não serão tóxicas...
De Professor B a 28 de Janeiro de 2022 às 15:53
A Margarita Correia!
De Isabel A. Ferreira a 28 de Janeiro de 2022 às 17:09
Ah! essa.
Essa sabemos que é altamente tóxica para a Língua Portuguesa.
De Professor B a 28 de Janeiro de 2022 às 17:41
Mais perigosa que os telhados de amianto.
De Isabel A. Ferreira a 28 de Janeiro de 2022 às 18:04
Ainda se fosse só ela, Professor B!!!

Mas sabemos como os "telhados de amianto" pululam por aí, como se fossem gente!!!!

Embora poucos, são suficientemente poderosos (no mau sentido) para lançar o caos no País, e terem lacaios ao seu serviço, vá-se lá saber (ou saber-se-á?) por alma de quem...

Mas por mais que insistam, chegará o dia em que o AO90 reduzir-se-á a cinzas, e a Língua Portuguesa, tal qual uma bela Fénix, ressurgirá dessas cinzas, e Portugal recuperará a dignidade perdida. E esses "telhados de amianto" não passarão disso mesmo: uns pavorosos "telhados de amianto", que ninguém mais deseja ver pela frente.
De Professor B a 28 de Janeiro de 2022 às 18:09
Que esse dia venha amanhã...
De Isabel A. Ferreira a 29 de Janeiro de 2022 às 17:06
Esperemos que sim.

Que amanhã seja o primeiro dia de uma nova era para Portugal, e que o povo português pegue em "paus e pedras" se tivermos mais do mesmo, ou as promessas não forem cumpridas.

BASTA de governantes servilistas e incompetentes!
De Jorge Pacheco de Oliveira a 27 de Janeiro de 2022 às 11:09
Não sendo único a propor a eliminação do AO90, o partido Chega tem uma lista de "100 Medidas de Governo", em que logo a segunda diz o seguinte :

2 – Garantir a solenidade, valorização e inviolabilidade da Língua Oficial Portuguesa através da recusa e suspensão imediata do denominado “Acordo Ortográfico” de 1990, sem possibilidade de qualquer revisão.

Não podia ser mais claro.

Cumprimentos
Jorge Pacheco de Oliveira
De Isabel A. Ferreira a 27 de Janeiro de 2022 às 16:45
De facto, não podia ser mais claro, Jorge Pacheco de Oliveira.

Lamento, no entanto, que essa brilhante frase (porque, na verdade, é brilhante, por ser exactamente isso que TODOS os DESADORDISTAS esperam que ACONTEÇA brevemente), não esteja no programa de TODOS os partidos políticos que vão a eleições, como gostaríamos que estivesse.

E a treta não diz com a careta, porque o CHEGA apresenta o seu programa em “acordês”, não sendo a tal obrigado, até porque o AO90 é ILEGAL, e quem o aplica é conivente com essa ilegalidade. Pretenderá mesmo acabar com ele? Ou esta é mais uma daquelas promessas que ficariam por cumprir, caso chegasse ao Poder?

Até porque em Fevereiro de 2018, quando PCP propôs no Parlamento a suspensão do Acordo Ortográfico, como uma "saída airosa" de Portugal, a proposta foi chumbada e o PCP ficou sozinho; e na discussão de uma petição contra o AO90 com mais de 20 mil assinaturas, que defendia a desvinculação de Portugal do Acordo Ortográfico e que teve como subscritores figuras como António Bagão Félix, António Barreto, António Lobo Antunes, Camané, Carlos do Carmo, Eduardo Lourenço, Irene Pimentel, Isabel Pires de Lima, Jorge Palma, Júlio Isidro, Júlio Machado Vaz, Manuel Alegre, Pedro Mexia, Rui Veloso ou Sérgio Godinho e instituições como a Sociedade Portuguesa de Autores, a Associação Nacional de Professores de Português e a Associação Portuguesa de Tradutores, também foi chumbada, o PCP continuou SOZINHO, excepto pelo PCP. E já para não falar na ILC-AO, que vergonhosamente, e contra alei, continua por resolver-se.

Agora, em tempo de eleições, e porque sabem que em Portugal os desacordistas são aos milhares, põem-se todos a falar em revisão, em reversão do acordo, mas escrevem isto “incurrêtâmente” nos seus programas.

Apenas o PCP se mantém fiel e coerente ao que propõe, e escreve o seu programa eleitoral correCtamente.

A quem é que os outros partidos pretendem enganar?
De Jorge Pacheco de Oliveira a 27 de Janeiro de 2022 às 20:08
Tem muita razão, cara Isabel, mas eu confesso que apenas citei essa medida do programa do Chega porque me foi sugerida por um amigo.

Não li mais nada do programa do Chega, nem o de qualquer outro partido.

Se o Chega recorre ao acordês é mau, muito mau, em evidente contradição com o que diz na tal medida nº2.

Em todo o caso, votar no PCP ou no CDS está fora de questão.

Cumprimentos
Jorge Pacheco de Oliveira
De Isabel A. Ferreira a 28 de Janeiro de 2022 às 15:42
Caro Jorge Pacheco de Oliveira, uma vez que sou apartidária, mas não apolítica, o meu grande dilema é encontrar um partido no qual votar. Às vezes não gosto dos líderes, mas gosto das propostas. Outras vezes, gosto dos líderes, mas não gosto das propostas. Ainda outras, não gosto dos líderes, mas gosto de ALGUMAS das propostas.

Não sou adepta disto de dividir os políticos e a política em esquerdas e direitas. Para mim, o importante é que se exerça a política com ÉTICA, com HONRA, com HONESTIDADE, com CONVICÇÃO, sem andar a fazer fretes a grupos de pressão, ou servir-se da política para proveito próprio e da família e dos amigalhaços…

Mas isto é uma utopia.

Encontrar um partido em que eu goste do líder, mas TAMBÉM de todas as suas propostas é como procurar uma agulha num palheiro com milhares de quilómetros.

Estas eleições, estão a ser particularmente difíceis. Para não votar em branco (que seria um voto de protesto, mas não aproveitado como tal – há que mudar a lei eleitoral para que os votos brancos contem, e tenham a respectiva percentagem de lugares vazios no Parlamento) terei de engolir um camião cheio de pedras, para votar naquele partido que “do mal, o menos…”

Há que mudar TUDO e TODOS na Política, para que Portugal possa ter um lugar ao sol, na União Europeia. Para já, estamos na cauda da Europa, em quase, quase tudo…

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Maio 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Recordando as OFENSAS pós...

. “R’c’ção dirêtâ”? É este ...

. O que disseram uns e outr...

. O que se celebra hoje, “0...

. «Nótulas sobre o absurdo ...

. O que celebramos no 48º a...

. «Em Defesa da Ortografia ...

. O que o brasileiro “Ramon...

. Esperamos que não andem a...

. Marcelo Rebelo de Sousa u...

.arquivos

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.Acordo Ortográfico

A autora deste Blogue não adopta o “Acordo Ortográfico de 1990”, por recusar ser cúmplice de uma fraude comprovada.

. «Português de Facto» - Facebook

Uma página onde podem encontrar sugestões de livros em Português correCto, permanentemente aCtualizada. https://www.facebook.com/portuguesdefacto

.Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt

. Comentários

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

.Os textos assinados por Isabel A. Ferreira, autora deste Blogue, têm ©.

Agradeço a todos os que difundem os meus artigos que indiquem a fonte e os links dos mesmos.
blogs SAPO