De Ani a 5 de Setembro de 2016 às 14:01
Olá Isabel:

Há de se levar em conta que o acordo tem a ver com o que é pronunciado. Em Portugal muito mais vocábulos vão ser alterados porque não se pronuncia aquela consoante muda, mas como são pronunciadas no Brasil lá ficam. Exemplos: Recepção, infecção, concepção, aspecto e por aí afora. Essas palavras permanecem assim no Brasil mas em Portugal não. Há de se levar em conta também que no Brasil foi feito mudanças anteriores justamente para se adequar à pronúncia. Mudanças também já foram feitas em Portugal. O português escrito de Camões era outro, e até mesmo o do Pessoa. Abraço,
De Isabel A. Ferreira a 5 de Setembro de 2016 às 17:05
Olá Ani:

Pelo que me diz a UNIFICAÇÃO pretendida com este acordo é algo surpreendente: em Portugal passa-se a escrever INCORRECTAMENTE as palavras que no Brasil se escrevem CORRECTAMENTE. é isso?

Isto é uma unificação e tanto! Lá continuarão a usar água de colÔnia, e nós água de colÓnia.

Adequar a escrita à fala é uma ideia completamente extraordinária. Vamos lá a ver se percebi.

Bamos lá a ber. Eu sau do Puarto.
U meu bizinho é du Alentejo, i dij-me muintas bezes que gustaba de ir bizitar u sê cumpadri, i dêtar-se debaixo dum chaparru… Qe sôdade!

A minha senhorria é de Setúbal, i querr voltarr prra lá, prra viverr cua prrima Terreza.

E a bizinha de baixu custuma ir comprar ceboles e batates à benda…

E os de Lisboa vão tumar banho au riu Teju.

Enfim… caminhamos para isto?

A Língua de Camões e de Pessoa era outra, sim, mas não foi mutilada. Evoluiu de acordo com regras bem definidas, que estudiosos da Língua Portuguesa, adaptaram a uma modernidade linguística, e não porque é preciso escrever como se fala, porque fica mais fácil... ou porque editores brasileiros e portugueses têm de encher os bolsos.

É isto Ani? Foi isto que me quis dizer?
Se foi, desisto.
Este Portugal não me serve.

Rasgarei os meus livros escritos em Língua Portuguesa, e traduzi-los-ei para Língua Inglesa. Os Ingleses nunca diriam o que acabo de ler, da Língua Materna deles.

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.