Terça-feira, 23 de Novembro de 2021

Posso fazer uma perguntinha inofensiva: quantos dos que aderiram a grupos anti-acordo no Facebook se negam a comprar livros que seguem o AO90?

 

Quantos, no próximo Natal, não darão lucros aos escritores e editores traidores, seguidistas e servilistas?


Eu já tinha encomendado uns livrinhos para oferecer às crianças, no Natal, e quando soube que os livrinhos seguiam o AO90 desfiz o negócio, logo ali.



E o autor disse-me: «Ah! Mas as crianças estão a aprender a escrever esta nova linguagem

Ai estão?
Pois não estão a aprender coisa nenhuma. Estão a DESAPRENDER
 a escrever na sua Língua Materna, e os culpados são os que têm a faca e o queijo na mão para anular este erro de palmatória, e não o fazem, pelo contrário, incentivam a sua aplicação ilegal, através da chantagem e ameaças de penalizações, numa miserável atitude.



No próximo Natal vamos todos recusar comprar livros que seguem o acordo ilegal? Vamos oferecer apenas livros em BOM Português, que os há por aí. Em Português de faCto.

Ver neste link: https://www.facebook.com/portuguesdefacto

 

E para as crianças, se não houver no mercado (ao que me dizem retiraram do mercado os livros que estavam escritos correCtamente, e substituíram-nos pela escrita “incurrêta) façam como eu: recorram a edições antigas, ou aos alfarrabistas, mas NÃO ofereçam livros incorrectamente escritos às vossas crianças. Estão a enganá-las.

 

Isabel A. Ferreira

 

BOICOTEM LIVROS ACORDIZADOS.jpg

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:20

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar
comentários:
De Diana Coelho a 25 de Novembro de 2021 às 13:16
Eu respondo-lhe às duas questões:
1 - Eu aderi a grupos anti-acordo no Facebook e nego-me a comprar livros que seguem o AO90;
2 - Garanto-lhe que não só no próximo Natal como nos próximos anos não darei lucros aos escritores e editores traidores, seguidistas e servilistas.

Nas livrarias faço questão que os funcionários saibam que existem leitores, como eu, que não compram livros com acordo ortográfico. E já ouvi uma funcionária de uma livraria dizer-me "Por acaso, não é o primeiro cliente que nos pergunta por livros sem acordo..." ÓPtimo! Há mais leitores como eu, como nós.

Quanto aos livros para crianças sem acordo ortográfico, eu recomendo os do Professor A. M. Galopim de Carvalho, da Âncora Editora. Vale bem a pena ler... e comprar! A página Português de Facto ajuda-nos imenso mas também podemos recorrer a alfarrabistas ou às nossas prateleiras lá de casa onde se encontram livros infantis sem o acordo.

Aqui fica o link para quem quiser consultar os livros do Professor Galopim de Carvalho: https://www.ancora-editora.pt/pt/autores/a-m-galopim-de-carvalho

Boas leituras! ;)
De Isabel A. Ferreira a 25 de Novembro de 2021 às 16:59
Agradeço o seu comentário Diana Coelho.

A Diana Coelho faz parte daquela minoria dos grupos anti-acordo, no Facebook, que faz alguma coisa pela Língua Portuguesa, que interage, que se interessa pelo que se passa.

São muitas as pessoas que andam nesses grupos a dizer uma coisa e a fazer outra.

Eu também quando vou a uma livraria, faço questão de dizer alto por que não levo os livros acordizados.

Sim, há mais leitores como nós as duas. As pessoas que eu conheço, e que fazem o mesmo que nós, são poucas, mas devem haver mais. No entanto, não AGEM. Não INTERAGEM. Não GRITAM. Limitam-se a andar no Facebook a pôr “gostos” ou a criticar quem FAZ, ou a censurar os textos que são enviados e contêm temas/tabu. É que há instruções superiores para censurar esses temas. Lamentável. Muito lamentável.

Agradeço o envio do link, e as suas sugestões. Eu também tenho as minhas estantes cheias de livros infantis e juvenis novos, adquiridos nos bons tempos da BOA escrita, SEM acordo, colecções completas, e são esses que ofereço às crianças, em todos os Natais e aniversários, desde que as editoras traidoras encheram o mercado com lixo ortográfico, como se as crianças o merecessem.

Vou recomendar a editora e os livros do Professor Galopim de Carvalho.
De Manuel Vieira a 2 de Dezembro de 2021 às 17:15
Concordo com a proposta.
Pergunto se não é possível obter uma lista das editoras que não sigam o AO90.
Na pesquisa online não é possível saber se determinado livro está escrito em português ou de acordo com o AO90.
Um filtro prévio por editoras ajudaria à compra dos livros pretendidos.
Muito obrigado pelo seu blog
De Isabel A. Ferreira a 2 de Dezembro de 2021 às 18:14
Manuel Vieira, agradeço o seu comentário, e a sua gentileza.

Existe uma lista de Editoras (deixarei o link, mais abaixo) que não seguem o AO90. No entanto publicam obras acordizadas, se o autor assim o solicitar. A sobrevivência assim o exige.

Eu, se fosse editora, não aceitaria, mas isso sou eu, para quem o dinheiro serve apenas para o essencial.

De qualquer modo essas editoras poderiam pôr um selo na capa dos livros NÃO-acordizados, para que não andássemos às aranhas…

Esta será uma sugestão que proporei, brevemente, às editoras que constam neste link:

https://www.facebook.com/TradutoresContraAO90/photos/a.645080985593573/1000070020094666

As probabilidades de encontrar livros não-acordizados, nestas editoras, são grandes.
De Diana Coelho a 3 de Dezembro de 2021 às 09:46
Isabel, entretanto verifiquei que a Âncora Editora tem autores que escrevem com AO. Fiquei surpreendida...
De Isabel A. Ferreira a 3 de Dezembro de 2021 às 15:03
Pois é, Diana Coelho, não há bela sem senão.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Janeiro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
15
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. «Em defesa da Ortografia ...

. Legislativas 2022: no Deb...

. «Querem datas giras para...

. Hoje há debate entre o ac...

. Em nome das crianças port...

. Ouvi hoje no Primeiro Jor...

. Eleições legislativas e o...

. Arranque oficial da inici...

. Que o ano de 2022 seja o ...

. «Abaixo as paralipses e o...

.arquivos

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.Acordo Ortográfico

A autora deste Blogue não adopta o “Acordo Ortográfico de 1990”, por recusar ser cúmplice de uma fraude comprovada.

. «Português de Facto» - Facebook

Uma página onde podem encontrar sugestões de livros em Português correCto, permanentemente aCtualizada. https://www.facebook.com/portuguesdefacto

.Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt

. Comentários

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

.Os textos assinados por Isabel A. Ferreira, autora deste Blogue, têm ©.

Agradeço a todos os que difundem os meus artigos que indiquem a fonte e os links dos mesmos.
blogs SAPO