Segunda-feira, 3 de Junho de 2024

Em Defesa da Ortografia (LXIX), por João Esperança Barroca

 

«O novo acordo ortográfico representa o mais profundo desrespeito pela nossa língua. As alterações ortográficas implicam necessariamente alterações fonéticas. É impossível ler espectador se escrevermos “espetador”, pois a consoante obriga a abrir a vogal. Espetador é o que espeta, ao passo que espectador é quem especta. O património linguístico é um tema demasiado sério para ser alvo de experiências mal consolidadas. Os demais países de língua oficial portuguesa, e bem, continuam a usar as suas antigas grafias. Portugal, que deveria ser o garante e a reserva da preservação deste valiosíssimo património, foi a parte mais fraca de todos os países lusófonos. É natural que cada país tenha as suas diferenças, isso só valoriza a nossa língua, e não deve obrigar a uma unificação assente em pressupostos questionáveis. Estou do lado de Vasco Graça Moura ou de Pacheco Pereira. Sei que, infelizmente, dentro de algumas gerações, a língua portuguesa ficará definitivamente deformada em tantos dos seus vocábulos, porque a Escola passou a ensinar o novo acordo. Custa-me muito ver os meus filhos, sem culpa alguma, escreverem palavras decepadas e sem relação orgânica com os seus significados. É uma pena o que fizeram com a língua portuguesa. Mas enquanto for vivo escreverei correctamente.»

Bruno Ferreira, Imitador de vozes, actor e locutor

 

«A verdade é que toda a imprensa e jornalistas em geral, que sempre tiveram a possibilidade de denunciar o Aborto Ortográfico, foram os primeiros a adoptá-lo! E agora o que se vê, diariamente, e em todos os meios? Erros de palmatória provocados pela natural confusão que o AO trouxe. E vai continuar a trazer. Uma língua em terra de ninguém…»

Rui Veloso, Músico e compositor

 

«Querem unificar o quê? A língua evoluiu de modo diferente em Portugal - falada por todos e escrita, há séculos - e no Brasil, língua oficial desde 1758, país gigantesco, com população diversa, e com cerca de 210 idiomas ainda falados no país. Querem unificar o quê? Ou querem mesmo destruir a nossa língua, que aqui nasceu e espalhámos pelo mundo?! Vergonha!»  

Maria José Abranches, professora reformada no Blogue O Lugar da Língua Portuguesa, 27-02-2024

 

A habitual incursão em alguns órgãos da comunicação social que realizamos regularmente continua a demonstrar que o AO90 contribuiu (e continua a contribuir), como muito bem o expressa Rui Veloso, para o caos ortográfico que nos assola. Assim, na última revoada, vieram na rede algumas formas assaz curiosas:

 

  1. Os países mediadores - Qatar, Egito e Estados Unidos - irão continuar os contatos com ambas as partes, apesar da saída da delegação do Hamas, segundo fontes citadas pela Al Jazeera.” https://www.rtp.pt/noticias/mundo/hamas-deixa-cairo-para-consultas-e-israel-acelera-planos-para-ofensiva-em-rafah_n1569334, RTP, 05-05-2024;
  2. Os países mediadores -- Qatar, Egito e Estados Unidos -- irão continuar os contatos com ambas as partes, apesar da saída da delegação do Hamas, segundo fontes citadas pela Al Jazeera.” https://www.rtp.pt/noticias/mundo/braco-armado-do-hamas-reivindica-ataque-armado-em-kerem-shalom_n1569348 RTP, 05-05-2024;

     (É sobremaneira curioso que o mesmo arrazoado seja grafado em duplicado em duas notícias diferentes).

  1. “Dados da Fenprof indicam, que mais de 40.000 alunos continuam sem professor a, pelo menos, uma disciplina.  O sindicato alerta para as desigualdades que este, fato pode ter em alunos que irão realizar exames.” I, 06-03-2024;

     (O omnipresente fato que não é de vestir. Este tem desigualdades. Deve ser defeito do tecido).

  1. O Comité Olímpico Ucraniano e o Ministério dos Desportos da Ucrânia recomendam os seus atletas a evitar contatos diretos com desportistas russos e bielorrussos nos Jogos Olímpicos de Paris.” Expresso, 02-05-2024

     (Antes do AO90, escrevia-se, indubitavelmente, nas escolas e por todo o lado, contactos directos; agora, é como calha. Contactos diretos, pelos que sabem aplicar o AO90; contactos directos pelos que rejeitam o AO90; contatos diretos, por aqueles que pensam que sabem aplicar o AO90; e contatos directos, pelos adeptos do AO90 em fatias. Alguém ouviu falar em unificação? E em simplificação?)

  1. “Até agosto, a receita cobrada no valor de 226,7 milhões de euros é inferior em cerca de 8,2 milhões de euros à cobrada em período homólogo, avançou o vereador da Inovação e Ambiente. No campo das receitas correntes, o cenário de quebra é mais abruto. A redução, comparativamente ao período homólogo de 2019, foi de cerca de 30,2 milhões de euros. Porto (portal de notícias), 15-09-2020;

     (Escrever à bruta deve ser isto).

    

Pois é, caro leitor, é este o estado a que isto chegou, como diria Salgueiro Maia.

 

Ah, felizmente, o Correio da Manhã, às vezes, vai tendo umas saudáveis recaídas.

Ah, quem se disponibiliza para ensinar que 25 de Abril se escreve com maiúscula? Sempre!

 

Ah, alguém pode avisar o senhor da meia hora de que houve ali um pequeno erro de cálculo?

 

João Esperança Barroca

 

25 de abril 1.PNG

 

ABRUTA.png

ABRUTO.png

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:17

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Junho 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Em Defesa da Ortografia (...

.arquivos

. Junho 2024

. Maio 2024

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.Acordo Ortográfico

A autora deste Blogue não adopta o “Acordo Ortográfico de 1990”, por recusar ser cúmplice de uma fraude comprovada.

. «Português de Facto» - Facebook

Uma página onde podem encontrar sugestões de livros em Português correCto, permanentemente aCtualizada. https://www.facebook.com/portuguesdefacto

.Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt

. Comentários

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

.Os textos assinados por Isabel A. Ferreira, autora deste Blogue, têm ©.

Agradeço a todos os que difundem os meus artigos que indiquem a fonte e os links dos mesmos.

.ACORDO ZERO

ACORDO ZERO é uma iniciativa independente de incentivo à rejeição do Acordo Ortográfico de 1990, alojada no Facebook. Eu aderi ao ACORDO ZERO. Sugiro que também adiram.
blogs SAPO