comentários:
De Celso Augusto Nunes da Conceição a 13 de Maio de 2018 às 17:19
Fico entusiasmado com a possibilidade de um dia os "políticos portugueses" tomarem tenência para votarem A REVOGAÇÃO DO AO90. No meu Brasil, infelizmente, já "empurraram" goela abaixo essa indecência.
Parabenizo-lhe pela perseverança na LUTA PARA REVOGAÇÃO DO FAMIGERADO AO90, que tantas atrocidades linguísticas ainda provoca na NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA.
De Isabel A. Ferreira a 13 de Maio de 2018 às 18:41
Mas no Brasil, caro Celso, tanto quanto sei, o acordo não está a ser aplicado. Aliás, a única "mudança" para os brasileiros com este "acordo" foi na acentuação (pouca) e a hifenização (um desastre) . De resto, a vossa ortografia permaneceu intocável.

O que não acontece em Portugal, onde, como sabe, estão a impingir-nos a ortografia brasileira.

Também me entusiamo com a possibilidade de os políticos portugueses rasgarem este acordo, que não serve a nenhum país dito "lusófono/lusógrafo".

Esperemos que vença a racionalidade, o senso comum, a lucidez, para bem de todos. Porque a diversidade é que nos une.

Comentar post