Segunda-feira, 16 de Novembro de 2020

Uma escola privada do Rio de Janeiro decidiu dar voz à “ideologia de género” e agora “todes” são “querides alunes”

 

 "Desventurades alunes"  que, sem darem conta, ainda alunam na Lua, que é o lugar ideal para as alu(ci)nações

Se a estupidez matasse, estariam todos mortos os que acham que este tipo de linguagem vai resolver o problema dos ILES. Apenas as ATITUDES resolvem os problemas das pessoas. ATITUDES! As palavras leva-as o vento, além de desqualificar um Idioma.

Este tipo de linguagem é absolutamente I-DI-O-TA.  

Isto faz parte de gente muito mal resolvida.

Temos de travar esta tendência, antes que as novas gerações sejam anuladas como pessoas.

Isabel A. Ferreira

 

Ideologia de género.png

 

Fonte:

https://www.facebook.com/OsPingosnosIsOficial/posts/2828873854024187?comment_id=300018504466031&notif_id=1605538926485304&notif_t=feedback_reaction_generic

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:31

link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar
comentários:
De Arsénio de Sousa Pires a 16 de Novembro de 2020 às 17:39
A estupidez humana não tem limites! Já o sabemos! Mas, a estupidez manifestada por estes maluquEs brasileiros é infinita.
Isto só pode ser a tentativa de humor preto!!
De Isabel A. Ferreira a 16 de Novembro de 2020 às 19:26
Gostei dos maluquEs, Arsénio Pires! 🤣 Se não nos rirmos disto, afundamo-nos na estupidez que isto é.😡

Nós por cá, ainda não chegámos a tanto, mas para lá vamos, com a estupidez que também é a linguagem dita inclusiva, mais idiota do que inclusiva, do todos e todas, eles e elas, os/as, portugueses e portuguesas, enfim, é a ignorância na sua forma mais pura. Sinais de uns tempos, onde as pessoas já não sabem ESTAR... e acham que com isto se integram... ☹️
De Ismael_Teixeira a 16 de Novembro de 2020 às 21:20
Este tipo de linguagem e pensamento já entrou nos jovens de agora, em conversa com um jovem actual foi confrontado com a acusação de machismo da minha parte pois argumentei que era impossível as mulheres alcançar os mesmos recordes olímpicos dos homens devido as suas fisionomias. Devido a ideologia de género os recordes devia ser idênticos.
De Isabel A. Ferreira a 17 de Novembro de 2020 às 15:29
Ismael Teixeira este tipo de linguagem e pensamento já entrou nos jovens de agora, mas apenas nos IGNORANTES jovens de agora, porque os jovens cultos e instruídos de AGORA jamais usariam este tipo de linguagem completamente IDIOTA.

Quanto ao resto do seu comentário, desculpe dizer-lhe, mas realmente o seu interlocutor adjectivou-o erradamente, não por lhe chamar machista, até porque o que você disse nada tem a ver com machismo, mas com um monumental DESCONHECIMENTO da matéria que aqui está em causa. Há uma, porque um homem nunca será igual a uma mulher, ou vice-versa, a não ser através de uma intervenção transformista, e isto se a transformação for bem feita. Há duas, porque as mulheres até poderiam alcançar os mesmos recordes dos homens, mas não devido à fisionomia ( = aspecto particular do rosto), mas devido à estrutura física, daí haver provas femininas e provas masculinas. Como sabe, há homens lingrinhas, e mulheres bem corpulentas, e vice-versa!

E desculpe perguntar, o que é que a “ideologia de género” tem a ver com recordes olímpicos? Sabe o que é “ideologia de género?” se não sabe, leia este artigo, por favor:

https://observador.pt/opiniao/a-ideologia-de-genero-que-genero-de-ideologia-e/
De Ismael_Teixeira a 17 de Novembro de 2020 às 20:36
Eu sei o que é a ideologia de género, o meu interlocutor é que desconhece.
Os recordes olímpicos e ideologia de género nada tem haver um com o outro, mas na ideia dele a ideologia (obriga) a que os homens e as mulheres estejam no mesmo patamar.

Parabéns pelo blog, Isabel. Eu acompanho regularmente os seus comentários relativo ao obtuso acordo ortográfico que eu não aceito de maneira alguma. Livros e revistas com dito acordo ficam na prateleira dos quiosques ou livrarias. Não compro!



De Isabel A. Ferreira a 18 de Novembro de 2020 às 10:45
Ismael Teixeira,

Peço desculpa se interpretei mal o seu anterior comentário. Mas tem de admitir que o comentário estava um pouco truncado, e de difícil interpretação.

O seu interlocutor é daquele tipo de pessoa maria-vai-com-as-outras, ainda que não saiba para onde vão as outras. Há muita gente, por aí, assim, incluindo governantes.

Agradeço a gentileza dos seus parabéns, e se não aceita o obtuso acordo ortográfico e deixa livros e revistas acordizados nas prateleiras dos quiosques e livrarias, demonstra ser uma pessoa que não é maria-vai-com-as-outras, e não tem apetência por lixo ortográfico.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar neste blog

 

.Agosto 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Até sempre, Jô Soares…

. Em defesa da Ortografia (...

. O «LUSITANO» de Zurique é...

. Pausa para Férias

. Cogitações da “Corujinha”...

. Em defesa da Ortografia (...

. Cogitações da "Corujinha"...

. “A eterna questão ortográ...

. O Grito do Ipiranga da Va...

. A insanidade acordista no...

.arquivos

. Agosto 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

.Acordo Ortográfico

A autora deste Blogue não adopta o “Acordo Ortográfico de 1990”, por recusar ser cúmplice de uma fraude comprovada.

. «Português de Facto» - Facebook

Uma página onde podem encontrar sugestões de livros em Português correCto, permanentemente aCtualizada. https://www.facebook.com/portuguesdefacto

.Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt

. Comentários

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

.Os textos assinados por Isabel A. Ferreira, autora deste Blogue, têm ©.

Agradeço a todos os que difundem os meus artigos que indiquem a fonte e os links dos mesmos.
blogs SAPO